we are social!

Hi, what are you looking for?

Sem categoria

“Os Nova” surpreendem estudantes do Marco de Canaveses

Este conteúdo tem 4 anos e poderá estar desatualizado.

O Primeiro “Concerto Mistério” organizado pela Transdev Portugal realizou-se no sábado, 11 de novembro, no espaço Marco Fórum XXI. A plateia, constituída por estudantes de Marco de Canaveses foi surpreendida com a entrada em palco de “Os Nova”.

A banda, já rotulada como a mais recente promessa musical do nosso país, lançou o primeiro álbum de originais no passado mês de abril e atingiu com o single de estreia, intitulado “Bússola”, os lugares cimeiros de vários tops nacionais.

O comediante Alexandre Santos, apresentou o evento, e fez saber que “OS NOVA” vão realizar, ao longo do próximo ano um conjunto de 10 ‘Concertos Improváveis’ por todo o país. Datas e locais só serão revelados ao público de um concerto para outro. Desde já se pode adiantar que os palcos serão surpreendentes: escolas, autocarros em andamento e outros locais e circunstâncias improváveis.

A iniciativa “Concerto Mistério” arrancou em setembro, no início do ano letivo, com a Transdev Portugal a desafiar os estudantes nacionais com passe estudante da empresa a escolherem, através de votação no seu website, a cidade onde uma banda emergente em 2017 iria realizar um concerto com entrada gratuita.

A votação, que decorreu até ao dia 15 de outubro, consagrou a cidade de Marco de Canaveses como a mais votada, tendo superado cidades como Coimbra, Guarda, Guimarães, Barcelos, Aveiro ou Viseu.

 

Publicado por

Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

também poderás gostar disto.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"