we are social!

Hi, what are you looking for?

Sem categoria

Barraquinhas: Câmara, AAUTAD e universidade emitem comunicado conjunto

Este conteúdo tem 4 anos e poderá estar desatualizado.

 

“Barraquinhas” não voltam em 2017 mas o ruído também não volta em futuras festas: é a conclusão que se pode retirar do comunicado conjunto, emitido esta tarde, pela câmara de Vila Real, pela Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (AAUTAD) e pela UTAD. 

O comunicado, emitido há poucos minutos, refere que as três instituições se reuniram “no dia seguinte ao cancelamento do evento” para “analisar as possibilidades viáveis para realização do evento. Por acordo entre o Município de Vila Real, a UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e a AAUTAD – Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, foi decidido que seria preferível não retomar o evento em 2017, por razões logísticas, pedagógicas e de bem-estar da comunidade”, pode ler-se no comunicado.

No entanto, as três instituições prometam criar “todas as condições para que esta situação não se volte a repetir, designadamente e desde já no próximo evento denominado “Caloirada aos Montes”, permitindo simultaneamente a organização de excelentes eventos académicos e o descanso da comunidade Vila-realense”, refere o mesmo comunicado.

Na passada terça-feira, devido a uma providência cautelar, promovida por um grupo de moradores da cidade, que obrigou a câmara municipal a revogar a licença especial de ruído, a AAUTAD cancelou as “Barraquinhas”, um evento de receção aos caloiros da UTAD. Na altura, António Vasconcelos, presidente da Associação Académica, lamentou o ruído numa transmissão em direto no Facebook da AAUTAD, mas mostrou-se chocado com o facto de “a comunidade académica, geradora de um impacto económico na ordem dos 1,7 milhões de Euros por mês na cidade, seja recebida e acolhida desta forma”. No mesmo dia, uma marcha silenciosa, convocada pela AAUTAD, reuniu mais de 700 estudantes em protesto pelas ruas da cidade. 

Try Apple Music
Publicado por

Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

também poderás gostar disto.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"