Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

11.08.17

Tomates do Douro vão a concurso


helena margarida

Divulgação

 

Há muito que a região do Douro deixou de ser apenas conhecida pelo vinho. Há mais vida e produtos DOP e DOC. Exemplo disso é o Tomate Coração de Boi que, pelo segundo ano consecutivo, vai a concurso numa prova cega para encontrar o melhor espécime do Douro.

Tomate Coração de Boi

 

A primeira edição aconteceu em 2016 num desafio lançado pelo jornalista Edgardo Pacheco ao produtor Abílio Tavares da Silva, da Foz Torto. Aos dois juntou-se, na organização do ‘Concurso Tomate Coração de Boi’, a ex-jornalista e mentora da empresa de comunicação Greengrape, que desenvolve o projeto de animação turística alltodouro.com, Celeste Pereira.

Esta é uma iniciativa que pretende valorizar e promover o Tomate Coração de Boi produto da região vinhateira e, ao mesmo tempo, revitalizar a tradição duriense da horta de quinta. Segundo o trio organizador, “Este é um encontro invulgar no Douro, desde logo por reunir, à volta do tomate, os principais produtores de vinho do Douro. Esperamos com a ajuda de todos contribuir par a valorização de mais um produto de excelência do Douro”.

QLR

 

A Quinta de la Rosa será anfitriã do concurso, a 18 de agosto, onde os produtores de tomate Coração de Boi do Douro irão apresentar o seu produto perante um júri presidido por Francisco Pavão, presidente da Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes. A lista de jurados ainda não está fechada, mas estão já confirmados os nomes dos chefes Miguel Castro e Silva (Lumni e Less, em Lisboa, e deCastro Gaia, em Vila Nova de Gaia), Vítor Sobral (Tasca da Esquina, Peixaria da Esquina e Balcão da Esquina, em Lisboa), Pedro Cardoso (Quinta de la Rosa) e Leopoldo Garcia Calhau (Café Garrett, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa); dos jornalistas José Augusto Moreira (Público) e Fernando Melo (VINHO Grandes Escolhas e Evasões); do enólogo Luís Soares Duarte; do produtor de flor de sal de Salmarim, em Castro Marim, Jorge Raiado; e da docente e investigadora da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) Ana Paula Silva.

Pelas 18h30, logo a seguir ao concurso está programada uma conversa sob o mote “Será o Douro o melhor terroir para o tomate coração de boi?”, moderada pela docente investigadora da UTAD Ana Paula Silva. Depois dos trabalhos, o momento é de festa. É chegada a hora do Cozinha da Clara – o recém-inaugurado restaurante da Quinta de la Rosa – ser palco de um jantar volante, aberto a todos os que se queiram inscrever, no final do qual serão revelados os vencedores do Concurso.

QLR_Cozinha da Clara

 

A iniciativa ‘Quinzena do Tomate Coração de Boi’, que decorre de 15 a 31 de agosto, envolve espaços de restauração de referência da região vinhateira. Além do Cozinha da Clara, na Quinta de la Rosa, outros restaurantes apresentarão o tomate coração de boi em saladas e pratos elaborados exclusivamente para esta quinzena. Na lista de confirmados estão já o Caisdavilla (Vila Real), o DOC by Rui Paula (Folgosa); o Six Senses Douro Valley (Lamego), e o Toca da Raposa (Ervedosa do Douro).

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
wook é uma oferta?